06/09/2017 14h40 - Atualizado em 06/09/2017 15h48

Febre amarela silvestre: 500 casos foram descartados

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) recebeu, entre 1º de janeiro e 31 de julho deste ano, 827 notificações de suspeita de febre amarela. Quinhentas notificações foram descartadas. Dos 327 casos restantes, 306 foram confirmados para febre amarela silvestre, ou seja, com transmissão ocorrida na área rural. Com isso, há 21 casos em investigação com quadro indicativo também de leptospirose, febre maculosa, dengue e outras doenças com sintomas semelhantes. Do total de notificações recebidas no Estado, 130 casos evoluíram para óbito.

 

Casos Confirmados

306

Casos Descartados

500

Óbitos

Confirmados: 94

Descartados: 32

Investigação: 04

130

Total de notificações

827

 

Cobertura Vacinal

De acordo com informações enviadas pelos municípios, até o momento, 3.055.576 pessoas foram imunizadas contra a febre amarela em todo o Estado, o que representa uma cobertura vacinal de 85,40% da população capixaba.

Até o momento, foram distribuídas 3.472.550 doses para todo o Estado.

 

Macacos

A Sesa recebeu notificação de mortes de macacos em 59 municípios, dos quais 28 tiveram amostras confirmadas para febre amarela: Afonso Cláudio, Aracruz, Atílio Vivácqua, Cariacica, Castelo, Colatina, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Irupi, Itaguaçu, Itarana, Iúna, Laranja da Terra, Marechal Floriano, Pancas, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, Serra, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vitória e Vila Velha.

 

Informações à imprensa

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Saúde

Jucilene Borges/Juliana Rodrigues/Juliana Machado/Isabel Pimentel/Luciana Almeida

asscom@saude.es.gov.br

Tels.: (27) 3347-5642/3347-5643/99969-8271/99943-2776/99983-3246

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard